Combate ao câncer de próstata

Blog | Notícias
Combate ao câncer de próstata

Estamos no mês de combate ao câncer de próstata e a campanha de Novembro Azul aparece em vários meios das mais diversas formas. A melhor forma de combater uma doença é por meio da informação e de sua prevenção. 

 

Mas antes, você sabia que esse câncer é o segundo mais comum entre os homens do nosso país? E, por inicialmente não apresentar sintomas, a prevenção se faz extremamente necessária já que quando há a aparição deles 95% dos tumores já estão em fase avançada.   

 

Vamos entender melhor o que é a próstata, seus sintomas e como realizar a prevenção. 

 

1 - O que é Próstata? 

A próstata é uma glândula do sistema genital masculino com a função de produzir o fluido que protege e nutre os espermatozoides no sêmen, localizada à frente do reto e embaixo da bexiga urinária. Só o sexo masculino possui essa glândula. 

 

2 - Sintomas do câncer de próstata

 

Fase inicial: 

Na maioria das vezes assintomático, mas, se apresentam, assemelham-se aos do crescimento benigno da próstata, ou seja, dificuldade de urinar ou necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou à noite.

 

Fase avançada: 

  • Dor óssea; 

  • Sintomas urinários (dores/dificuldade ao urinar, aumento da frequência, diminuição do jato, presença de sangue);

  • Infecção generalizada; 

  • Insuficiência renal. 

 

3 - Prevenção

A melhor forma de ter bons resultados no tratamento desse câncer é buscar diagnóstico precoce. Então, caso tenha 45 anos e apresente fatores de risco, ou tenha mais de 50 anos independente da presença de fatores, consulte um urologista. 

 

Existem dois exames que devem ser conversados nesses casos:

 

Exame de toque retal: 

 

É o mais indicado para identificar alterações que podem ser sinal do câncer de próstata. 

Exame rápido - utilizando luva e lubrificante, o médico insere um dedo no ânus, e analisa a região por cerca de 10 segundos, assim há a avaliação do formato, tamanho e textura da próstata, além de identificar a presença de nódulos que podem ser indicativos de um tumor maligno. 

 

PSA:

Para esse exame é coletada uma amostra de sangue venoso e com ela será realizada a medição da quantidade de uma proteína produzida pela próstata, o Antígeno Prostático Específico (PSA). 



Agora que você já possui maior entendimento sobre essa doença e a importância de uma detecção precoce, não esqueça de conscientizar seus familiares e amigos acerca disso, ajude a cuidar do próximo!  

 

Comentários