Setembro amarelo e cuidados com a saúde mental

Blog | Notícias
Setembro amarelo e cuidados com a saúde mental

O setembro amarelo é um mês dedicado a falar sobre saúde mental e focar na prevenção ao suicídio. Em parceria com o Conselho Federal de Medicina, a Associação Brasileira de Psiquiatria, organizou a campanha que foca nesse mês em especial,  mas que perdura durante todo o ano como lembrete de sua importância.

 

Falar sobre esta causa é imprescindível, visto que, no Brasil, ocorrem mais de 12 mil suicídios a cada ano, e  chega a marca de mais de 1 milhão em todo o mundo. Essa é uma realidade lamentável, mas que registra mais ocorrências a cada dia, principalmente entre os jovens.

 

De acordo com o Ministério da Saúde, o suicídio é um das 3 principais causas de morte entre jovens de 15 à 29 anos, perdendo apenas para a depressão e o transtorno bipolar.

 

Os casos de suicídio podem ter diferentes origens, dentre elas estão os transtornos mentais, como a depressão (mais comum), transtorno de bipolaridade, esquizofrenia, transtornos de desenvolvimento como o autismo e tantos outros.



Apesar das mais variadas causas e origens dos transtornos mentais, precisamos ter em perspectiva que cuidar da nossa mente é de extrema importância. O termo “saúde mental”, está relacionado à forma como você reage às mudanças, exigências e pressões cotidianas. Diariamente, lidamos com diversas situações e com elas, emoções variáveis se fazem presente: felicidade, tristeza, medo, angústia e infinitas outras.

 

A forma com que lidamos com essas emoções é um fator determinante em relação a qualidade da nossa saúde mental. Podemos inferir então que, a saúde mental está centrada em alguns pilares principais:

 

  • Na nossa capacidade resolutiva em meio às adversidades, a forma como lidamos com os empecilhos e dificuldades que surgem no caminho;

  • No nosso senso de bem-estar e equilíbrio;

  • No reconhecimento dos próprios limites e dificuldades.

 

Sabemos que existem diversos fatores que podem influenciar negativamente na nossa saúde mental e o trabalho é um deles. A rotina constante, estressante e caótica consome muito da nossa mente, por exemplo.

 

Mas em meio a essas situações, como podemos fazer para manter a mente saudável? 

 

1- Crie um tempo para si em meio à rotina: tire alguns minutos para respirar, faça algo que goste, como ver um filme, ler um pouco, dançar... O importante é fazer algo com o qual sinta prazer.

 

2- Busque balancear a rotina entre os momentos de trabalho, aulas e afazeres rotineiros com os momentos de descontração e lazer.

 

3- É importante alinhar o cuidado da mente com o corpo, ou seja, fazer práticas saudáveis e exercícios dos mais variados estilos (aulas de dança, corrida, academia…) vai somente trazer benefícios.

 

4-  Desconecte-se um pouco das redes sociais! Vivemos em uma sociedade cada vez mais tecnológica e isso implica no tempo que estamos passando no Instagram, TikTok ou qualquer outra plataforma. Então tire um tempo livre do celular e do computador para aliviar a mente.

 

5- Manter uma boa rotina de sono é de extrema importância, noites mal dormidas afetam o nosso humor, nossa produtividade e pode desencadear no mal-estar da nossa mente.

 

Às vezes com a visão imediatista e o pensamento de colocar as atividades rotineiras como trabalho e as obrigações como necessidade principal de vida, abandonamos todos os cuidados que deveríamos ter com nós mesmos. O nosso corpo e nossa mente sempre deve ser nossa prioridade número 1. 

 

Por isso, envie este conteúdo para amigos e familiares, no objetivo de alertá-los sobre o quão é importante parar e analisar como está a nossa mente e consequentemente, cuidar dela. 








Comentários