Você sabe a diferença entre gastrite e úlcera?

Blog | Notícias
Você sabe a diferença entre gastrite e úlcera?

Mal-estar, queimação no estômago, azia. Esses sintomas talvez sejam familiares para você! Eles aparecem geralmente em pessoas com gastrite ou úlcera. Se você já passou por isso, sabe o quanto é difícil ter disposição para seguir a rotina no dia a dia, até mesmo os momentos de lazer são prejudicados, né? Por isso, é de extrema importância saber diferenciar os dois, identificando os sintomas e como evitar a doença. A gastrite, especificamente, é uma inflamação do epitélio do estômago, com sintomas como: dor de estômago, abdômen inchado, náuseas e vômitos, indigestão, mal estar, queimação no estômago e mais. Ela pode ser resultado de diversas origens, a exemplo: Gastrite Nervosa: surge em situações de nervosismo, irritação e ansiedade ou estresse extremo; Gastrite Aguda: surge de forma repentina, podendo ser causada por uma doença ou lesão grave e súbita; Gastrite Crônica: caracterizada por se desenvolver por um longo período de tempo. Ao decorrer do processo, a inflamação da parede estomacal aumenta, podendo ser considerada uma atrofia gástrica; Gastrite Enantematosa: ocorre quando, além da inflamação, há lesão nas camadas mais internas do estômago, mas que ainda não pode ser classificada como úlcera, podendo ser ocasionada por bactérias, alcoolismo, doenças autoimunes e uso excessivo de medicamentos; Gastrite Eosinofílica: aqui, ocorre um aumento de células imunes no estômago, que causa inflamação e sintomas comuns. É usual ocorrer com pessoas com quadros alérgicos.do consumo excessivo de álcool e/ou cigarro, de altos níveis de estresse, do uso prolongado de alguns medicamentos, como antiinflamatórios ou até mesmo por infecção da bactéria Helicobacter pylori. Já a úlcera é um estágio mais avançado da gastrite. Ela provoca feridas na parede do estômago com maior profundidade, causando dores e desconforto ainda mais intenso. Há três tipos: Gástrica: ocorre dentro do estômago; Esofágica: ocorre dentro do esôfago; Duodenal: ocorre na parte superior do intestino delgado. Assim, é importante que você entenda como evitar que a gastrite apareça: Mastigue bem os alimentos; Não consuma líquidos junto das refeições, opte por uma hora após ou antes de se alimentar; Alimente-se de 3 em 3 horas; Evite alimentos ácidos ou muito quentes ou muito frios; Consuma, no mínimo, 2 litros de água por dia; Procure alimentos que ajudam na produção do suco gástrico, como o gengibre; Evite alimentos pesados, como molhos apimentados, frituras, águas gaseificadas, refrigerantes e doces muito concentrados. Além disso, a gastrite pode ser identificada com uma endoscopia e deve ser acompanhada gastroenterologista: o profissional responsável por cuidar de todo o sistema digestivo, ou seja, boca, esôfago, estômago, intestino, pâncrea e fígado. Entretanto, antes disso tudo, há muitos cuidados que podemos colocar em prática. Você já bebeu água hoje?

Comentários